ingles na educação infantil

Inglês na educação infantil: qual a sua importância para as crianças?

Se o inglês na educação infantil não fosse tão importante, não existiriam tantos cursos de idiomas focados nesse público-alvo. Mas há uma pergunta que também precisa ser feita: não seria melhor matricular seu filho em uma escola regular que já oferece essa língua?

Verdade seja dita, estudar inglês no Ensino Fundamental e Médio não é nenhuma novidade. O que deve ser observado, entretanto, é a qualidade desse estudo. Principalmente no que diz respeito ao proveito que ele tem para a vida adulta e profissional das crianças, entre outras coisas.

Neste artigo, vamos falar sobre a importância do inglês na educação infantil e ainda apresentar ótimos motivos para você se preocupar com isso, escolhendo o lugar certo para o seu filho estudar. Continue a leitura até o final!

O que a ciência diz sobre o inglês na educação infantil

Há estudos que sugerem que, quanto mais cedo acontecer o aprendizado de uma segunda língua, melhor para o desenvolvimento da criança. É por meio de estímulos diversos que o cérebro se desenvolve desde a primeira infância, o que leva os especialistas a defenderem o ensino de inglês desde os primeiros momentos na Educação Básica.

As abordagens possíveis são muitas: das músicas infantis aos jogos educativos e atividades lúdicas, sempre há maneiras de manter a atenção dos pequenos. Há materiais didáticos próprios e avanços acadêmicos que permitem adaptar a pedagogia a esse fim.

5 motivos para estudar inglês na educação infantil

Não é só por questões relacionadas à competitividade do mercado de trabalho que o seu filho deve estudar inglês. Há diversas outras razões diretas e indiretas que apontam para o fato de que o aprendizado dessa língua ajuda na vida escolar.

Abaixo, relacionamos alguns deles, para que você entenda essa afirmação mais a fundo.

1. Rapidez no aprendizado

Quanto mais estímulos, mais rápido é o aprendizado. O estudo da língua estrangeira aciona áreas do cérebro que não recebem demanda de outras disciplinas, exceto da música.

É uma forma de desenvolver os campos ligados a raciocínio, linguagem, criatividade e intuição. Em outras palavras, quem estuda inglês desde pequeno aprende o idioma mais rápido e melhor.

2. Fluência na vida adulta

Isso significa que, ao atingir a vida adulta e começar a se preparar para o mercado de trabalho, ele ou ela já vai ter atingido a fluência no idioma. Isso não é pouca coisa, uma vez que, segundo pesquisas, apenas cerca de 1% dos brasileiros é fluente em inglês.

Se você achou esse dado curioso, tenha em mente que a pesquisa se refere apenas às pessoas que efetivamente dominam o idioma — desconsiderando aquelas que mentem no currículo.

Chegar à fase adulta falando inglês abre espaço para intercâmbios, empregos no exterior e acesso de conteúdo de qualidade nesse idioma, como livros, apostilas e cursos que não podem ser encontrados traduzidos, por exemplo.

Powered by Rock Convert

3. Aproveitamento escolar

Como dissemos, há áreas do cérebro que só podem ser acionadas pelo estudo de outros idiomas. Então, o impacto de treinar essas regiões pode ajudar direta e indiretamente seu filho no aproveitamento escolar

Indiretamente porque ele terá aumentado sua neuroplasticidade — capacidade de o cérebro assimilar conteúdo e se desenvolver a partir disso, reprogramando-se.

4. Estímulo do raciocínio

Da mesma maneira, quem estuda outros idiomas têm o raciocínio mais apurado. Na fase inicial da assimilação de uma nova língua, os estudos são menos intuitivos e acionam muito as habilidades que temos de fazer associações.

A criança que realiza tais atividades cerebrais mais cedo consegue carregar essa habilidade vida afora. Depois, os estudos de todas as disciplinas ficam mais fáceis e os estudantes conseguem ter o raciocínio mais desenvolvido.

5. Redução da timidez

O estudo de inglês também é uma forma excelente de incentivar a interação social e motivar os estudantes. Crianças e adolescentes costumam lidar com a timidez em sua idade escolar, o que também é um entrave ao aprendizado, em alguns casos.

Nas aulas de idiomas, a habilidade de conversação é muito incentivada, e formam-se grupos para conversar em inglês, debatendo temas dos mais variados. Já reparou como é comum surgirem amizades nessas aulas? Pois é, você acaba de saber o motivo disso.

Ou seja, para quem tem dificuldade de enturmar, uma ótima maneira de “quebrar o gelo” é estudando inglês. Não seria ótimo aprender algo novo e ainda resolver um problema social de uma vez por todas?

Escolha uma escola que oferece inglês na educação infantil

A essa altura já deve ter dado para entender que o inglês é importante por si próprio e por uma série de outras razões, certo? E você deve estar pensando em como conseguir um cursinho de inglês para seu filho o mais rápido possível.

Mas é bom considerar também uma outra opção mais à mão: e se a escola oferecesse o ensino do idioma tanto durante as aulas regulares — com professores e metodologia de excelência — quanto em atividades extracurriculares?

Há uma série de motivos para optar por isso:

  • estudando na própria escola, seu filho e você não precisam enfrentar o trânsito mais vezes na semana;
  • não é preciso incluir mais um boleto e complicar as contas, tudo pode ser cobrado na mensalidade da escola;
  • ele ou ela pode se juntar a outros colegas da própria sala para fazer as atividades extracurriculares, além de estudar e praticar juntos ao longo do dia;
  • fazendo tudo em um lugar só, é provável que fique mais em conta.

Saber um novo idioma é fundamental e ter acesso ao inglês na educação infantil é urgente! Para facilitar as coisas, felizmente, é possível começar na própria escola. Dessa forma, o pequeno dará o primeiro passo para um futuro mais rico intelectual e culturalmente. Tem coisa melhor?

Se bateu uma curiosidade sobre qual idade é a melhor para começar a estudar inglês, não deixe de ler outro artigo do nosso blog que trata do tema. Você vai ver que o melhor momento para começar é agora mesmo!

Powered by Rock Convert

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.