8 formas de analisar o desempenho escolar do seu filho

6 minutos para ler

Desempenho escolar é a capacidade de um aluno de assimilar novos conhecimentos durante seus anos de estudos. Entretanto, não são apenas as notas altas que determinam esse fator. Na verdade, o conceito é abrangente e refere-se, também, à maneira como o jovem participa das aulas e integra-se ao ambiente social.

Sabemos o quanto essa questão é importante para você. Afinal, os pais esperam que seus filhos conquistem resultados acadêmicos satisfatórios e, principalmente, que estejam felizes na escola, certo?

Por isso, preparamos um post especial para ajudar você a analisar o desempenho escolar do seu filho bem de perto, mesmo estando fora do ambiente escolar. Confira!

1. Observe se ele apresenta esquecimentos

É comum que crianças e jovens, vez ou outra, saiam de casa sem algum item importante, como um caderno ou um livro. Por vezes, eles estão com o pensamento em outras coisas e deixam de prestar atenção em algumas questões.

Isso é normal e faz parte do processo de aprendizagem do nosso cérebro. No entanto, se esses esquecimentos passam a ser muito frequentes, existe um sinal de alerta. Lembre-se de que existe um limite para desorganização e esquecimento.

2. Avalie se há dificuldades de visão ou audição

Problemas de visão ou audição comprometem significativamente o desempenho escolar dos jovens. Quando pequenos, eles não percebem que estão com dificuldades, pois acreditam que os demais ouvem e enxergam exatamente como eles.

Para identificar um problema de visão, observe se o seu filho franze a testa constantemente, reclama de dores de cabeça com frequência ou se esforça muito enquanto ler algo. No caso da audição, as crianças podem apresentar falta de concentração e até desinteresse pelos estudos.

3. Atente à grafia do seu filho

Você sabe o que é disgrafia? É um transtorno crônico e persistente na habilidade motora da escrita. Não se trata apenas de uma letra feia. Quando o jovem tem essa alteração, apresenta dificuldades em escrever letras e números e de controlar os músculos das mãos.

Portanto, atente à grafia do seu filho e ainda se, juntamente a uma possível dificuldade em escrever, o foco e a atenção dele estão prejudicados de alguma forma.

4. Analise se há falta de motivação

Segundo pesquisa, 29% dos estudantes têm baixo desempenho escolar devido à falta de motivação. Saiba que se o seu filho não se sente motivado para aprender ou colocar em prática os conhecimentos adquiridos, haverá uma queda considerável da participação dele dentro da escola.

Nesses casos, o ideal é manter a calma e o diálogo. É interessante encorajá-lo a estudar, mas forçar o seu filho a ser o melhor da classe, por exemplo, pode gerar situações de estresse para ele.

Sabemos que o professor e a escola têm papel essencial no desempenho escolar. Por isso, aqui no Colégio Arnaldo, desenvolvemos projetos e eventos especiais com o intuito de motivar nossos estudantes, ampliar seus conhecimentos e incitar a curiosidade intelectual. Nesses momentos, os jovens têm a oportunidade de exercitar a criatividade, o pensamento crítico e a imaginação.

Além disso, temos parceria com um sistema de ensino muito eficiente: o Poliedro. Todos os materiais didáticos e recursos disponibilizados pelo Sistema Poliedro são atualizados e estão em consonância com as competências exigidas pela Base Nacional Curricular Comum (BNCC).

Destaque para o P+, uma ferramente tecnológica e educacional que conecta alunos, pais e escola em um ambiente completo de aprendizagem. Por lá, é possível acessar materiais de apoio, checar informações acerca do desempenho dos estudantes, realizar simulados, efetuar tarefas, entre outras funcionalidades.

5. Estipule uma rotina para conferência dos deveres de casa

Para acompanhar de perto o desempenho escolar do seu filho, recomendamos que elabore uma rotina, de modo a conferir os deveres de casa dele e os conteúdos apreendidos em sala de aula. Você pode, por exemplo, estipular um horário fixo do dia destinado a isso.

É interessante que o jovem tenha um local específico da casa só para estudar e com todos os recursos necessários para ele se dedicar às tarefas escolares. Esteja presente nesses momentos de estudo, incentivando o seu filho e mostrando interesse por aquilo que ele tem aprendido em classe.

6. Converse sobre o dia a dia

Você conversa diariamente com o seu filho? Estabelecer um diálogo é fundamental para garantir um bom desempenho escolar. Pergunte sobre o dia dele, quais atividades ele tem realizado na escola, como são os colegas e os professores, entre outros assuntos.

Faça com que ele esteja à vontade para contar sobre seus gostos, suas dificuldades e suas preocupações. Talvez, seja necessário até ouvir um pouco mais do que falar. Ele precisa confiar em você a qualquer momento.

Em algumas vezes, seu filho pode estar cansado demais para uma conversa. Por isso, é válido observar o melhor momento de abordagem sobre assuntos escolares.

7. Seja participativo na escola

Compareça aos eventos e às reuniões da escola e esteja ciente sobre todos os acontecimentos da vida escolar do seu filho. Lembre-se de que a sua presença é muito importante, tanto para o jovem como para a escola.

A atenção que os pais dão à vida escolar dos filhos é um fator determinante para tornar o aprendizado muito mais saudável e, por consequência, contribuir para o bom desempenho acadêmico deles.

8. Fale com os professores sobre o desempenho escolar

Por fim, mas não menos importante: escute os professores. É importante enxergá-los como verdadeiros aliados no processo de aprendizagem do jovem. Por esse motivo, recomendamos que estabeleça uma proximidade com docentes e converse sobre o desempenho escolar do seu filho.

Isso contribuirá para a melhora contínua não só do rendimento dele, mas do ambiente escolar como um todo! Pergunte sobre os hábitos, as dificuldades e a participação em sala de aula. Ao entender o comportamento do seu filho em classe, a sua relação com ele ficará mais transparente e forte.

Viu como o seu envolvimento no dia a dia escolar do jovem é fundamental para proporcionar uma aprendizagem saudável e efetiva? Nossas dicas vão ajudar você a analisar o desempenho escolar do seu filho. Com mais informações sobre o assunto, é possível estabelecer uma rotina de modo a acompanhar os estudos dele de perto!

Agora que você já sabe como acompanhar o desempenho escolar do seu filho, conheça as principais vantagens de ter uma relação próxima com ele no dia a dia!

Posts relacionados

Deixe um comentário