Como a solidariedade e a empatia podem ajudar os estudos em casa?

2 minutos para ler

Em meio a tantas notícias tristes, incertezas e medos, é necessário olhar para outro, enxergar as dificuldades e necessidades das outras pessoas. Isso em todos os aspectos: financeiros, pessoais e principalmente emocionais. Estamos vendo inúmeras manifestações de amor, carinho e solidariedade pelo mundo todo. Mas … e nós? O que estamos fazendo dentro de nossas casas, com nossos amigos e familiares? A solidariedade é uma ação de ser bondoso com o próximo, assumindo uma função de colaborador. Portanto, ser solidário consiste em ajudar o outro com boas intenções e generosidade.

Esse conceito se estende também ao nosso meio escolar. Como é bom ajudar um colega que está com dúvidas para gravar ou postar suas aulas, como é gratificante ver mães se organizando em grupos para ajudar aquelas com mais dificuldades com ferramentas tecnológicas, ou que por falta de tempo, não consegue acompanhar os estudos em Home School dos filhos. Sabemos que muitos pais precisam sair para trabalhar normalmente e contam com a solidariedade e a ajuda da família, dos amigos e, claro, da escola.

O distanciamento social recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) para impedir o avanço do novo coronavírus, na verdade, tem também aproximado pessoas. Tem feito com que cada vez mais possamos exercer a nossa “empatia”, ou seja, enxergar o panorama a partir do olhar do outro e ser sensível ao ponto de compreender emoções e sentimentos de outras pessoas. Precisamos nos acalmar, trabalhar o nosso pensamento positivo e nos solidarizar com aqueles que estão realmente passando por muitos problemas e dificuldades.

Amar e ajudar o próximo é servir a Deus, é usar a Sua palavra para tornar este mundo melhor.

Um forte abraço!!!

Núbia Alves Coutinho
Orientadora Educacional – Ens. Fundamental Anos Finais

Posts relacionados

Deixe um comentário